sábado, 31 de maio de 2008

Veja como foi a palestra de ontem:

A palestra do Marinho, ontem, foi realmente imperdível. Vou tentar colocar aqui os pontos mais bacanas para que você, que não pôde estar lá com a gente, saiba como foi.

Em primeiro lugar, muito obrigada aos nossos 5 leitores, que levaram seu interesse, bom papo e simpatia - além de coisinhas gostosas para a mesa: valeu, Dea ;)

Aliás, estou disposta a pagar uma altíssima soma em dinheiro para que essas 5 pessoas se submetam a um hipnotizador e apaguem de suas mentes o momento “Robi pagando um mico que vale por 6 mil promo pérolas”. Explico: o Marinho, que é uma simpatia (já era fã, agora virei fã número 1), me chamou para fazer a abertura da palestra. Mas me chamou na hora. Tipo “vem aqui”. A pessoa desprovida de noção aqui… foi. E não sabia o que falar, portanto vocês imaginem o tamanho de mico que paguei. Foi o mico irmão gêmeo do king kong.

Ok, passado esse início pífio, começou o show: o Marinho falou sobre como nós, brasileiros, não conhecemos o nosso próprio país. Por exemplo: você sabia que o topo da pirâmide social é formada pelos 14% dos brasileiros que têm renda familiar média mensal de R$ 3.400 ou mais?

Veja bem, renda familiar é a soma de todas as fontes de renda de uma família. Pois é. Você, quando pega um job de produto voltado às classes A e B não imagina o povo que freqüenta o Shopping Iguatemi e o Pão de Açúcar? E você sabe quem é BC? Então veja esse vídeo que ele nos mostrou e segure o queixo.


Alguns dados que nos ajudam a formar o quadro “com quem estamos falando” quando pegamos um job voltado à classe C:








Em suma: há alguns anos, a Classe C tinha como aspiração a compra de supérfluos. Ou seja, quando sobrava um dinheirinho, era feita a sonhada compra de iogurtes, chocolates de melhores marcas, algum cosmético, produtos de limpeza de melhor qualidade etc. Hoje, há o acesso a tudo isso e, portanto, as aspirações são outras: não só ter um fogão, mas ter um fogão com acendimento automático. Não ter uma geladeira, mas ter uma geladeira dúplex e/ou com dispenser para água na porta.

Quem pensa que baratear os produtos é acertar os desejos da Classe C está fadado à falência, creio eu.

Leia também o post de ontem do Marinho no blog dele e no Blue Bus, que foram citados na palestra e ajudam a compor todo esse quadro.

Até a próxima quando, prometo, pensarei 30 segundos antes sobre alguma coisa para falar na abertura, hahahaha Low point, Robi. Low point...

Um comentário:

Adams disse...

Robi, é possível colocar a apresentação no SlideShare para download?